Home Histologia Tecido Epitelial Glandular Gl. Acinosa Simples - Gl. Sebácea
Gl. Acinosa Simples - Gl. Sebácea - Gl. Acinosa Simples - Gl. Sebácea

................................................................................................................Torquatto, E.F.B.; Lima, B.; Brancalhão, R.M.C.; Guedes, N.L.K.O.¹

.........Estas glândulas, circundadas por delicadas cápsulas de tecido conjuntivo, são sáculos em formato de pera com curtos ductos. Cada sáculo é preenchido com grandes células amorfas com núcleos em vários estágios de degeneração. A periferia dos sáculos é composta de pequenas células basais cuboides, com função regenerativa.

.........À medida que as células se movem da periferia do sáculo, se tornam maiores e aumentam o seu conteúdo de gordura no citoplasma. Próximo do ducto a célula inteira degenera e se torna a secreção.

.........Glândulas sebáceas são exemplos desse tipo glandular, assim, são classificadas como glândulas acinosas ou alveolares simples, com um modo de secreção holócrino. Ainda, essas glândulas estão, normalmente, associadas a folículos pilosos e descarregam sua secreção sebácea dentro dos folículos. Associados a esse tipo glandular, estão feixes de músculo liso e os músculos eretores do pelo.

¹ Como citar:

  • Nas referências: TORQUATTO, E.F.B.; LIMA, B.; BRANCALHÃO, R.M.C.; GUEDES, N.L.K.O. Tecido epitelial, 2016. Disponível em: . Acesso em: 16 de jul. 2016. (conforme data de acesso ao site);
  • No texto: Torquato et al. (2016) ou (TORQUATO et al., 2016).
 
Exibir # 
 
 
Powered by Phoca Gallery


Fornecido por Joomla!. Designed by: joomla 1.5 themes php web hosting Valid XHTML and CSS.