Home Histologia Tecido Conjuntivo Tecido Conj. Especial - Adiposo
Tecido Conj. Especial - Adiposo - Tecido Conjuntivo Especial - Adiposo

...................................................................................................................................Beu, C.C.L.; Guedes, N.L.K.O.; De Quadros, Â.A.G.¹

.........O tecido adiposo é um dos tecidos conjuntivos especializados; é formado por células adiposas, denominadas adipócitos, que armazenam gordura. A gordura é uma forma eficaz de armazenamento, já que tem cerca do dobro da densidade calórica de carboidratos e proteínas. Há dois tipos de tecido adiposo: amarelo (ou unilocular) e o marrom (multilocular). O tecido adiposo marrom está presente, em humanos, durante o desenvolvimento e regride a partir do nascimento até o décimo ano de vida. O tecido adiposo amarelo permanece desde o desenvolvimento fetal até a vida adulta.

.........O tecido adiposo é ricamente vascularizado e em secções histológicas pode-se observar capilares entre três adipócitos adjacentes; também vênulas e arteríolas podem ser identificadas.

.........A camada de tecido adiposo profunda à pele é chamada de hipoderme e pode ser mais ou menos desenvolvida conforme a região do corpo e o estado nutricional do indivíduo. Em geral, a hipoderme é bem desenvolvida na coxa, parede inferior do abdome e regiões glútea e lombar. A diferença de contorno do corpo em homens e mulheres, uma das características sexuais secundárias, é resultado de diferentes espessuras da camada de tecido adiposo nas diferentes regiões do corpo. Na cavidade abdominal, o tecido adiposo pode ser encontrado em partes do peritônio, como omentos e mesentério, além de, também, estar presente no espaço retroperitoneal – inclusive, em torno dos rins, formando a loja renal. Em algumas regiões, o tecido adiposo tem função de diminuir impactos, é o caso do que está localizado na palma da mão, na planta do pé e do corpo adiposo da órbita, em torno do bulbo do olho. O tecido adiposo localizado nestes locais não diminui mesmo em períodos nos quais há redução da ingestão de calorias.

.........Os adipócitos do tecido adiposo amarelo são grandes e de forma esférica, individualmente, mas, quando agrupados, têm forma oval ou poligonal. A presença de uma única grande gota de lipídio intracelular, confere aspecto achatado e deslocado do núcleo e de uma fina camada de citoplasma entre a membrana plasmática e a gota lipídica. A preparação de lâminas histológicas de rotina com uso de xilol (para diafanizar a amostra de tecido) remove o lipídio do tecido adiposo e isso confere aspecto de “malha” à secção. Na qual, o que aparenta ser o “fio da malha” é o citoplasma de adipócitos adjacentes.

.........A gota lipídica não é revestida por membrana. As organelas presentes no citoplasma são ribossomos livres, complexo de Golgi, cisternas pequenas de retículo endoplasmático granular, retículo endoplasmático liso, filamentos e mitocôndrias localizados.

.........O tecido adiposo marrom (multilocular) é diferente do tecido adiposo amarelo (unilocular) porque tem várias gotículas de gordura, de tamanho variado, no adipócito. O núcleo também é deslocado do centro do adipócito mas não é achatado. As várias gotículas são observadas, em preparações histológicas de rotina, como vários espaços vazios no mesmo adipócito. Este tipo de tecido adiposo é subdividido em lóbulos por tecido conjuntivo, mas o estroma é esparso. A vascularização também é abundante neste tecido adiposo.

.........O tecido adiposo marrom ocorre em grande quantidade em animais que hibernam e serve como fonte de energia utilizada pelo animal quando acorda da hibernação. Animais que não hibernam também têm este tecido adiposo e, também, o utilizam como fonte de energia para aquecimento corporal. Recém-nascidos humanos possuem tecido adiposo marrom em grande quantidade, com ampla distribuição nos dez primeiros anos de vida, porém sua quantidade diminui gradualmente com o desenvolvimento e desaparece na maior parte das regiões do corpo, permanecendo em torno dos rins, aorta, regiões do pescoço e no mediastino (localizado no centro do tórax).

.........A mobilização da gordura do tecido adiposo para produção de calor ocorre por estimulação da divisão simpática do sistema nervoso autônomo.

 

¹ Como citar:

  • Nas referências: BEU, C.C.L.; GUEDES, N.L.K.O; DE QUADROS, Â.A.G. Tecido conjuntivo, 2017. Disponível em: . Acesso em: 03 de mar. 2017. (conforme data de acesso ao site);
  • No texto: Beu et al. (2017) ou (BEU et al., 2017).
Tecido Conjuntivo Especial - Adiposo - 4X
Tecido Conjunti...
Image Detail
Tecido Conjuntivo Especial - Adiposo - 100X
Tecido Conjunti...
Image Detail
 
Exibir # 
 
 
Powered by Phoca Gallery


Fornecido por Joomla!. Designed by: joomla 1.5 themes php web hosting Valid XHTML and CSS.